Trajetória das Ações Sociais

Em 2000, foi colocado em prática o Projeto Descobrir, em parceria com a Congregação Santa Cruz e a Terapia Ocupacional da USP. Foram realizadas oficinas de arte-educação em três creches mantidas pela Congregação na favela do Jaguaré, e na pré-escola do Colégio Santa Cruz. As atividades aconteceram até o final de 2002.

Em 2003, o Morungaba estruturou um novo programa em parceria com a Associação Beneficente Santa Fé – Casa Vovó Ilza, o Programa Mãe + Filho = Nova História. Neste projeto, foram trabalhados a autoconfiança e o resgate da identidade de jovens mães entre 13 e 18 anos que tiveram contato com drogas ou vivenciaram situações de risco. Foram promovidas oficinas de dança, artes, música, histórias e de registros fotográficos e de textos. Esse programa durou até 2005.

De 2005 a 2013 a Associação Morungaba celebrou convênios com a Secretaria Municipal de Educação de São Paulo, e participou de diversos programas em escolas municipais, nos períodos pré e pós aula com atividades de dança, jogos corporais, teatro, artes, oficina da palavra, esporte, xadrez, musicalização e canto.

Outro projeto implantado pelo Morungaba é o Programa Socioeducativo do Hospital das Clínicas, realizado em parceria com a Fundação Faculdade de Medicina da USP. Foram oferecidas oficinas corporais e recreativas com o objetivo de valorizar nossa cultura popular, dirigidas exclusivamente aos filhos de funcionários do Hospital.

Em 2006 a Associação Morungaba iniciou sua parceria com a Secretaria Municipal de Esportes de São Paulo, implantando atividades esportivas e oficinas socioculturais nos clubes da cidade, através do Programa Clube Escola.
Neste ano também teve início Valorizando quem Educa, que capacitou profissionais da área de educação infantil, estimulando a reflexão sobre o papel das artes e do movimento na Educação.

Em 2007 e 2008, este programa passou a contar com o patrocínio do Instituto Stefanini e do Instituto Impaes.

No período de 2012 a 2015 foi desenvolvido o Programa LetraViva na Escola Municipal de Ensino Fundamental Desembargador Amorim Lima. Com o apoio de estudantes de psicologia do Mackenzie e PUC e voluntários, as atividades culturais serviram para estimular a leitura e a escrita.

Em 2014, com apoio financeiro da FUMCAD, o LetraViva teve uma expansão através da contratação de uma equipe de educadores e coordenadores. Além disso, foi também estabelecida uma parceria com estudantes de psicologia da UNIP.

img2
Núcleo Morungaba
Rua Cristiano Viana, 977 – Pinheiros - CEP: 05411-001 – São Paulo – SP – Brasil
+55 (11) 9 8906 5461 (Whatsapp)+55 (11) 3083 6274 @nucleomorungaba /morungaba